Diferenciação das Células Mesenquimais

foto-2ewad

     Um estudo do Departamento de Cirurgia Oral e Maxilofacial da Universidade de Kyoto, no Japão, analisou a tendência de diferenciação entre células mesenquimais das seguintes origens:

  • Medula óssea;
  • Líquido sinovial da articulação têmporo-manndibular;
  • Polpa dental de dentes decíduos (dentes de leite);
  • Polpa dental de dentes de pacientes adultos.

     O estudo comprovou a importância de selecionar-se a célula mesenquimal doadora de acordo com a necessidade final, pois, células mesenquimais de origem da medula óssea e do líquido sinovial da articulação têmporo mandibular possuem maior tendência a se diferenciarem em osteoblastos e condroblastos, que são células que produzem o tecido ósseo e cartilaginoso, respectivamente.

     Já as células de origem da polpa dental de dentes decíduos (dentes de leite) e de dentes de pacientes adultos diferenciaram-se mais em tecido neurogênico (tecido dos neurônios sensitivos e motores), de forma estatisticamente significante, do que em tecido ósseo e cartilaginoso.

  • Share post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*