Queda da própria altura em idosos

Nos dias atuais muitas pessoas da terceira idade moram sozinhas e estão sujeitas a acidentes domésticos tais como a queda da própria altura. Eventualmente, o impacto da queda recai sobre a região zigomático-orbitária causando lesões/fraturas nesta região.

queda_idoso

Gostaríamos de salientar neste post a importância do pronto atendimento nestes casos, principalmente, quando ocorre uma diminuição da acuidade visual e uma percepção pelo paciente que a visão está borrada.

É muito comum a presença de hemorragia orbitária, e no caso dos pacientes da terceira idade, que muitas vezes fazem uso contínuo de anticoagulantes, esta hemorragia pode ser de grande extensão, mesmo quando não há a presença de fraturas.

É imprescindível que se realize uma descompressão cirúrgica da hemorragia, caso contrário, a queda da própria altura poderá causar a perda completa ou parcial da visão destes pacientes.

Avaliando 68 fraturas da região orbital, Meurer et. al., da Universidade Ruhr, na Alemanha, constaram que seis pacientes apresentavam hemorragia interna na região, sendo que dois perderam completamente a visão e outros dois perderam parcialmente a visão. Eles também constataram que pacientes que tomavam anticoagulantes possuíam um maior risco de apresentar a hemorragia, com exceção da aspirina. Quando for indispensável a utilização destes medicamentos pelo paciente, deve-se optar pela administração de enoxaparina que apresentou menores riscos de hemorragias do que o anticoagulante femprocumona.

hemorragia orbital

Em síntese, deve-se tratar cirurgicamente através de descompressão os hematomas orbitais após as quedas com lesões ou fraturas na face em região zigomático-orbitária. E, sempre devemos manter a enoxaparina, em detrimento da femprocumona, no caso dos pacientes idosos que não podem ficar sem a utilização contínua de anti-coagulantes.

Muitas vezes estas lesões ocorrem nos idosos ativos e independentes porque levam uma vida normal na ausência de cuidadores, mas, estão sujeitos à fisiologia da terceira idade. Fica aqui mais uma dica para esta fase tão importante  da vida.

  • Share post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*