Entenda alguns sinais importantes que podem aparecer após fraturas da face e o que eles significam

1) Sinal de Battle

Sinal de Battle

Trata-se de uma equimose (área roxa) atrás da orelha que pode ser indicativa de fratura(s) na base do crânio, mais especificamente fratura(s) na região do osso temporal.

2) Dificuldade de movimentação do globo ocular

Dificuldade de movimentação do globo ocular

O globo ocular não obedece aos comandos do paciente e fica impedido de realizar alguns movimentos em uma ou em várias direções. Isto ocorre porque pode haver fratura(s) dos ossos que formam a cavidade orbitária e o deslocamento destes ossos, ocorrido após a fratura, impede o movimento do globo ocular devido à limitação do espaço livre da cavidade orbitária; ou devido a um aprisionamento de um ou mais músculos que formam a musculatura extrínseca do globo ocular que, estando aprisionada, encontra-se incapacitada de realizar seu movimento dentro da normalidade.

3) Otorreia

Otorreia

Trata-se da saída de líquido cefalorraquidiano ou liquor pelo ouvido. Este líquido límpido, de coloração clara, que envolve o cérebro dentro da caixa craniana, poderá drenar pelo ouvido no caso de uma fratura craniana.

4) Rinorreia

Rinorreia

Trata-se da saída de líquido cefalorraquidiano ou liquor pelo nariz. Este líquido límpido, de coloração clara, que envolve o cérebro dentro da caixa craniana, poderá drenar também pelo nariz no caso de uma fratura craniana. Nestes casos, pode confundir o leigo, pois a secreção pode ser confundida com outras secreções nasais, tais como as que estão presentes em resfriados comuns ou até mesmo em processos alérgicos (rinites).

5) Sinal de guaxinim

Sinal de guaxinim

Trata-se de uma equimose (área roxa) em torno das órbitas, simulando a mancha preta ao redor dos olhos do animal guaxinim. A fratura de um ou mais ossos da face pode apresentar este sinal: da base do crânio, osso frontal, osso nasal, osso maxilar e osso zigomático.

6) Desoclusão

Desoclusão

O encaixe dos dentes da arcada superior (maxila) e dos dentes da arcada inferior (mandíbula) fica fora da normalidade. Ocorre um desencontro entre as arcadas e o paciente não consegue encontrar a posição correta ao abrir e fechar a boca.

  • Share post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*